Review - Boku dake ga Inai Machi



O Anime foi extremamente hypado durante seu lançamento semanal, alcançando a nota máxima de "9.14" no MyAnimeList, mas o fato de ter sua história "rushada" em 12 episódios acabou reduzindo levemente sua nota para abaixo de 9.

Inicialmente queria dizer que foi muito bom ouvir novamente a banda Asian Kung-Fu Generation na abertura de Boku dake ga!

Os primeiros episódios do anime mostraram uma animação extraordinária, cortes perfeitos e trilha sonora envolvente, porém, alguns episódios adiante foram perdendo aos poucos essa qualidade e voltaram a aparecer somente no episódio final da série.

Em comparação ao mangá é impossível não parabenizar o Character Designer: Keigo Sasaki, pelo seu belíssimo trabalho. Não desmerecendo o trabalho original do mangaká Kei Sanbe, mas sim dando honras a um belíssimo trabalho.



Referente a história, creio que foi uma adaptação muito boa. PORÉM........ Vários elementos tiveram de ser alterados para que fosse possível encurtar 44 capítulos em 12 episódios e acabei me sentindo tão frustrado quanto quando assisti a série Game of Thrones da HBO. Possuo todos os 5 livros já lançados das “Crônicas de Gelo e Fogo” e ao assistir a série me senti “traído” pelo fato de uma adaptação alterar tantas cenas que eu considerava importantes. Contudo não odeio a série e muito menos a adaptação de Boku dake ga, só fico um pouco decepcionado com o fato de terem pouco tempo para produzir uma história tão intrigante.

Foi muito interessante a idéia de um adulto em um corpo de criança lutando para salvar seus amigos de infância. Isso facilitou imensamente nossa empatia com o protagonista. Porém foi um pouco decepcionante o fato de terem ignorado várias explicações como o funcionamento do poder de Satoru (No mangá, Kenya desenvolve uma teoria absurdamente boa sobre o “poder” de Satoru), a infância completa do vilão e o que aconteceu com o Coragem e a família dele (sendo mostrado no final do último episódio como um flashback).

-- Spoiler Area --

Se você ainda NÃO assistiu do episódio 9 em diante é extremamente recomendável que você NÃO leia essa parte!

As principais diferenças entre o anime e o mangá se detém no final da história. Vou deixar mais detalhamentos a respeito do desenvolvimento da mesma logo abaixo. 

 

-- Fim da Spoiler Area --

As maiores decepções em relação ao anime foram:
  • Uma certa "quebra da hype" promovida pelo fato de o anime incitar um suspense, mas logo se mostrar ser somente uma progressão de história com desenvolvimento ultrarrápido e mistérios relativamente previsíveis.
  • Queda da qualidade de animação após os 3 primeiros episódios, voltando a melhorar no meio do anime para depois tornar a perder qualidade e voltar a aparecer somente no final.
  • "Rush" da história deixando de lado algumas informações no mínimo interessantes de se conhecer. PRINCIPALMENTE NOS EPISÓDIOS 10 e 11.

Recomendo extremamente que leia o mangá após assistir ao anime. Se não quiser rever toda a história novamente comece a ler a partir do capítulo 32.

Apesar de toda uma crítica negativa a respeito da animação, devo ressaltar que gostei bastante da história adaptada e principalmente dos traços e expressões dos personagens.

É extremamente fácil sentir simpatia pelos personagens e suas histórias e só consegui sentir dó do vilão, ao invés de ódio ou algo do tipo.

Um excelente anime, com uma boa adaptação!
André Carvalho

19 anos, Chosen Undead, Pseudo-psicólogo, escravo do capitalismo e Administrador do NoticedbySenpai. Em tempos de paz: escritor, editor, designer e músico. Sempre apaixonado por animes, mangás, livros e música. "Humanos são interessantes" - Izaya Orihara
Posts do Autor

Título: Review - Boku dake ga Inai Machi
Postado Por: André Carvalho
« Anterior Proxima » Página inicial